Mikosz & Mythosz

Arte e Consciência

Arquivos Mensais: janeiro 2009

NOSIS – Ayahuasca e Xamanismo [Filme]

Para todos interessados em xamanismo e ayahuasca, em breve será lançado o filme NOSIS:

Seeking truth and healing, and guided by an Amazonian shaman, NOSIS is a journey into the depths of soul.

Spanning the Americas, NOSIS is a cinematic vision quest to uncover the mysteries of consciousness.

It is a paradigm shift into the altered state of Biospheric TV, where an infinite channel universe of life and consciousness is surfed in a search for personal and global transformation.

Sem dúvida vivemos em um grande momento onde essas discussões correm o mundo. Para nós, brasileiros, é um privilégio, pois temos aqui pelo país muitas religiões ayahuasqueiras, pesquisadores nas universidades, escritores, grupos independentes, deixando fácil o acesso a todos que quiserem conhecer mais sobre o assunto.

O diretor Jim Sanders conhece o Brasil e já fez tomadas aqui para outros filmes seus. Outros links interessantes desse diretor estão abaixo:

http://www.youtube.com/nosistv

http://www.youtube.com/dadaworlddata

http://centreportal.blogspot.com/

• • •

Anúncios

De Como Quem Menospreza a Pintura, Filosofia e Natureza Não Ama

Se você menosprezar a pintura [figurativa], imitadora solitária de todas as obras visíveis da natureza, de certo desprezarás uma sutil invenção que, com filosofia e sutil especulação, considera as qualidades de todas as formas: mares, paragens, plantas, animais, árvores e flores que se banham de luz e sombra. Esta é, sem dúvida, uma ciência e legítima filha da natureza, que a pariu, para dizer “em boa lei”, sua neta, pois todas as coisas visíveis foram paridas pela natureza e dela nasceu a pintura. De modo que a chamaremos cabalmente de neta da natureza e a colocaremos entre o seu divino parentesco.

Quem reprova a pintura, reprova a natureza, porque as obras do pintor representam as obras dessa mesma natureza e, por isso, tal censor carece de sentimentos.

[Obs: O texto é do Leonardo da Vinci… Não é a toa que a fotografia também tem o estatus de arte, sendo que o que interessa não o ato de apertar um botão, mas do olhar, perfeitamente válido também para a pintura que pode até usar a fotografia como meio de recorte na natureza]